Como as pesquisas podem ajudar as famílias?

Quando estamos falando de um país com mais de 210 milhões de pessoas, não é possível tomar decisões a partir de impressões meramente pessoais. As pesquisas servem como um ‘raio-x’ da sociedade, um indicador do que precisa ser feito. Por isso, ela é uma etapa fundamental na elaboração de propostas a favor das famílias. Nesse âmbito, algumas de nossas principais atividades são:


Produção e divulgação de pesquisas sobre realidade das famílias no Brasil

Curadoria e análise de pesquisas e políticas públicas internacionais

Grupos de trabalho temáticos e parcerias institucionais




Nossas pesquisas

Family Supportive Workplaces



Projeto voltado para empresas, com a realização de pesquisa científica e consequente criação de soluções para criar ambientes de trabalho que incluam pessoas com responsabilidades familiares e de cuidado.

Dados científicos apontam que mães têm maior dificuldade para inserção, permanência e promoção em suas carreiras devido simplesmente ao fato de terem filhos. Também pessoas que cuidam de familiares idosos ou com deficiência sofrem penalizações profissionais devido aos compromissos de cuidado que assumiram.

Como vivemos uma cultura de excesso de trabalho e de uma pessoa “ter” que se dedicar 100% a profissão para ser “reconhecida”, as pessoas que gostariam de ter mais tempo com suas famílias são extremamente prejudicadas. Mas não é só isso: atualmente, esta cultura também está prejudicando pessoas sem filhos. Casos de burnout, crise de ansiedade, depressão e estresse crônico estão crescendo entre jovens adultos em proporções desesperadoras.
A equidade de gênero também é prejudicada neste cenário. Como pensar em uma sociedade mais igualitária se não estamos sendo inclusivos com aqueles que têm algum tipo de responsabilidade de cuidado?

Desta maneira, em acordo com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU — especialmente o ODS 5, Igualdade de Gênero, e 8, Trabalho Decente — procuramos junto com empresas promover soluções de inclusão e diversidade para este público, sempre fundamentados em pesquisas científicas e dados relevantes.

Conheça o relatório

Parentalidade nas Empresas



Como as empresas podem garantir a mães e pais tempo de qualidade para estarem com seus filhos recém-nascidos? Quais as tendências verificadas nas empresas brasileiras sobre este assunto? Qual a percepção da população? O Seminário Parentalidade nas Empresas (realizado em 7 de abril de 2022) revelou e discutiu os resultados da Pesquisa Licenças Maternidade e Paternidade nas Empresas (realizada em 2021-2022), uma investigação inédita sobre a realidade dessas licenças no Brasil.

Conheça o relatório

Licença Parental



Grupo de Trabalho com pesquisadores e representantes do governo, do setor produtivo e de ONGs, para discutir os diferentes aspectos envolvidos na implementação da licença parental no Brasil.

Conheça o relatório

Tributação nas Famílias

Sob liderança do Prof. Heleno Torres- USP, foi realizada uma pesquisa acerca de modelos de tributação das famílias ao redor do mundo para formular uma proposição de imposto de renda que considere o contexto das famílias, no Brasil. Foram produzidas notas técnicas a respeito e, então, elaborada uma minuta de projeto de lei para incluir a técnica de splitting familiar no âmbito da discussão da reforma tributária.

Family Supportive Workplaces

 
 

Projeto voltado para empresas, com a realização de pesquisa científica e consequente criação de soluções para criar ambientes de trabalho que incluam pessoas com responsabilidades familiares e de cuidado.

Dados científicos apontam que mães têm maior dificuldade para inserção, permanência e promoção em suas carreiras devido simplesmente ao fato de terem filhos. Também pessoas que cuidam de familiares idosos ou com deficiência sofrem penalizações profissionais devido aos compromissos de cuidado que assumiram.

Como vivemos uma cultura de excesso de trabalho e de uma pessoa “ter” que se dedicar 100% a profissão para ser “reconhecida”, as pessoas que gostariam de ter mais tempo com suas famílias são extremamente prejudicadas. Mas não é só isso: atualmente, esta cultura também está prejudicando pessoas sem filhos. Casos de burnout, crise de ansiedade, depressão e estresse crônico estão crescendo entre jovens adultos em proporções desesperadoras.
A equidade de gênero também é prejudicada neste cenário. Como pensar em uma sociedade mais igualitária se não estamos sendo inclusivos com aqueles que têm algum tipo de responsabilidade de cuidado?

Desta maneira, em acordo com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU — especialmente o ODS 5, Igualdade de Gênero, e 8, Trabalho Decente — procuramos junto com empresas promover soluções de inclusão e diversidade para este público, sempre fundamentados em pesquisas científicas e dados relevantes.

Conheça o relatório

Parentalidade nas Empresas

 
 

Como as empresas podem garantir a mães e pais tempo de qualidade para estarem com seus filhos recém-nascidos? Quais as tendências verificadas nas empresas brasileiras sobre este assunto? Qual a percepção da população? O Seminário Parentalidade nas Empresas (realizado em 7 de abril de 2022) revelou e discutiu os resultados da Pesquisa Licenças Maternidade e Paternidade nas Empresas (realizada em 2021-2022), uma investigação inédita sobre a realidade dessas licenças no Brasil.

Conheça o relatório

Licença Parental

 
 

Grupo de Trabalho com pesquisadores e representantes do governo, do setor produtivo e de ONGs, para discutir os diferentes aspectos envolvidos na implementação da licença parental no Brasil.

Conheça o relatório

Tributação nas Famílias

Sob liderança do Prof. Heleno Torres- USP, foi realizada uma pesquisa acerca de modelos de tributação das famílias ao redor do mundo para formular uma proposição de imposto de renda que considere o contexto das famílias, no Brasil. Foram produzidas notas técnicas a respeito e, então, elaborada uma minuta de projeto de lei para incluir a técnica de splitting familiar no âmbito da discussão da reforma tributária.


Rua dos Manacás, 436 Sala 8 — Jardim da Glória — Cotia/SP
CEP 06711-500